domingo, novembro 11, 2007

A propósito da Serpe

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Uma das facetas antropologicamente mais interessantes da Festa de S.João de Sobrado diz respeito àquele factor que acaba por ser decisivo no desfecho da luta entre Mourisqueiros e Bugios: a SERPE ou, como também se diz, por vezes, a Bicha.
O elemento reptiliano não se reduz a esse aspecto.No passado, mais do que hoje, era relativamente comum os Bugios levarem um Sardão (de facto assemelhava-se mais a uma cobra), munido de uma mola que, quando manipulada, permitia 'roubar' pequenas coisas, como doces, por exemplo. Mas a Serpe é indubitavelmente uma figura de capital importância e significado nesta festa. Ela surge como derradeiro recurso dos Bugios, esgotadas todas as outras vias. É sintomático que esse último recurso seja o do sobrenatural, do mítico, do fantástico, numa festa que, note-se, decorre sob a invocação de S. João.
Vem esta nota a propósito do sucesso que, por estes dias, está a fazer a exposição sobre "Criaturas Míticas", no Museu de História Natural de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América. Sereias, Dragões, Ciclopes e Unicórnios têm vindo a atrair muitas dezenas de milhar de pessoas, seduzidas por esse lado extraordinário da cultura popular, que tem sido tematizado em obras contemporâneas(de cinema, de literatura, de música, de vídeo).
Quem quiser percorrer alguns aspectos do que é essa exposição pode viajar um pouco pelo respectivo site. Melhor ainda é dar um salto a Nova Iorque (!). O certame está patente até 6 de Janeiro de 2008.

Especificamente sobre dragões, o site da exposição remete para um outro sítio na Internet,onde se pode ler:

Creature: Dragon

ANCIENT LEGEND: More than a thousand years ago in Europe, people believed that giant fire-breathing dragons guarded hidden stashes of gold. "If some of that gold was stolen, the dragon would awaken and unleash fiery destruction on humans," says Kendall.

SCIENTIFIC EXPLANATION: People have long imagined dragons as being enormous, scaly beasts with huge teeth and claws. People believed so strongly in these lizardlike creatures that biologists in Europe once wrote accounts of the behavior and habitat of dragons in much the same way as they described that of lizards and snakes.

What may have advanced the legend of dragons? The imagined creatures look like close relatives of big animals like the Tyrannosaurus rex. Dinosaurs died out long before people were alive, but the discovery of dinosaur fossils, the mineralized remains or impressions of an organism, may have supported the ancient belief. When people dug up these fossils, they may have mistaken them for dragon remains.

1 comentário:

TsiWari disse...

Na verdade, tanto para explorar na nossa linda festa!

Essa da ida a New York...hum... poderá ser em visita de estudo, para melhor documentar os comentários no blog sobre, especificamente, a Serpe? ;)