domingo, janeiro 07, 2007

O Velho e os Guias

Os bugios são exóticos. Usam uns fatos multicolores que imitam o cetim, constituído por calça, casaco e uma capa, tudo debruado e garrido, com guizos dependurados pelo corpo. Na cabeça, levam chapéus encimados de penachos de fitas coloridas e, nas mãos, castanholas e uma diversidade de objectos que podem ir de bonecas a instrumentos agrícolas, passando por sardões, buzinas e outros recursos que a inventiva individual estimula. Importante: homens, mulheres, crianças (já que de bugio pode ir quem quer e pode) todos vão mascarados. Organizam-se sempre em duas filas paralelas, cada qual com o seu Guia, todos capitaneados pelo Velho, o qual tem uma indumentária diferente, que lhe dá um ar patriarcal. Quando a hora é de dança, os saltos são impressionantes e a algazarra indescritível.

2 comentários:

Anónimo disse...

Sou de venezuela, agrada-me muito as tradições de portugal a terra de meus pais, a verdade e que nunca tinha escutado sobre as bugiadas. È muito interessante e curiosa, jà que aqui u folclore de portugal limita-se sò a região de minho e madeira (fato de florista e fato de minhoto).
Agora que conheço esta divertida festa gostaria de esclarecer minhas dúvidas.
1._ ¿Quais são as diferenças entre os trajes de bugios e mourisqueiros?
2._ ¿Os trajes das mulheres são os mesmos que o dos homens?(bugios e mourisqueiros)
3._ ¿Onde podria ver e ouvir seus bailes e musicas?

Obrigada pela sua atençao, esperando uma pronta resposta se despede de voce......
Ana

Fábia disse...

Sou sobradense e agrada-me que alguem que está tão longe esteja interessado no S. joão de sobrado.
Cara Ana, não sei até que ponto poderemos chamar "folclore" às bugiadas, é um pouco diferente do folclore minhoto ou madeirense, entendo-a como uma demonstração etnográfica, assente sobre uma lenda( está no blogue a lenda).
Mas respondendo às suas questões, Os trajes dos mourisqueiros, têm um jeito militar, aprumado, que provoca um sentimento de respeito a quem vê ( Barretina encimada por plumas e enfeitada por espelhos e fitas coloridas, casaco com banda ( fita de cetim) fios que outrora eram de ouro, calça e polainas nas pernas, e claro o espadim). De mourisqueiro vão apenas homens solteiros ( alusivo a um ritual de iniciação masculino e o rei é o Reimoeiro que veste igual com a diferença de usar dragonas nos ombros). Os bugios ( vai quem quer) usam roupas de veludo ( calção com guisos, casaco, capa, meias riscadas, máscara, chapeú encimado por um penacho de fitas coloridas).O rei é o velho dos bugios, usa um manto de veludo bordeux e uma barretina com espelhos e fitas ( de rei só vão homens - 1 por ano). Quantos aos fatos de bugio são iguais para homens mulheres e crianças.
Quanto ao ver e ouvir s´mesmo no dia 24 de Junho no local. Mas se quiser deliciar o ouvido até lá há um post neste blogue que tem um excerto da música.